Oceana leva linha de fertilizantes a produtores de Petrolina

Implantação dos produtos da linha Algen na região garantem a qualidade e aumento na produção de agricultores de Pernambuco

A Oceana Brasil, empresa dedicada a produção de tecnologia a base de alga marinha do gênero Lithothamnium, em parceria com a Agropodas e a Agrologística, tem como objetivo levar ao agricultor de Petrolina (PE) produtos de qualidade e que impulsionem a produtividade das lavouras. Nesses postos de revenda está disponível toda a linha Algen que consiste em produtos desenvolvidos tendo como base as algas marinhas Lithothamnium voltadas para o uso agrícola. Esses estão disponíveis em pó, líquido ou em fertilizante composto, atendendo a necessidade do cliente.

A região de Petrolina tem a necessidade de cálcio de alta qualidade no solo, o que compromete parte da produção frutífera. Déficit que foi suprido com as soluções da linha Algen da Oceana. O estado de Pernambuco é reconhecido no cenário atual como um grande produtor e exportador de frutas. A produção de acerola, responsável por um quarto da produção nacional, é a maior do País. Outros destaques na produção do estado são a cana de açúcar, goiaba, uva e manga.

Após a disponibilização dos produtos nos postos das revendas, os resultados no campo evoluíram juntamente com as vendas. “Sem dúvida o melhor marketing que podemos fazer são os resultados positivos dos produtores. É muito satisfatório ter esse feedback positivo tanto da parte das vendas quanto da produtividade” afirma Luiz Pugliesi,  diretor geral da Oceana Brasil.

A parceria da companhia com as revendas faz com que o produtor tenha uma linha de alta performance em um mercado em constante desenvolvimento no qual a tecnologia se faz necessária. “Junto à confiança de comprar um produto de qualidade, o agricultor leva a garantia de mais produtividade”, afirma Pugliesi.

Em parceria com o Sr. Newton Matsumoto, que atualmente é referência em consultoria no cultivo de uva na região, foram obtidas melhoras significativas no cultivo da uva Itália com a aplicação do fertilizante Algen. Aspectos como tempo de prateleira (Shelf Life), aumento de Brix e casca mais grossa, garantindo uma melhor firmeza dos frutos.

“Como em Petrolina, esperamos aumentar a demanda da linha Algen para que casos de sucesso como esses estejam presentes em todo o Brasil e no mundo”, finaliza o diretor.

Fonte: Dinheiro Rural

13/05/16 – 17h51 – Atualizado em 09/12/16 – 15h21